Atendimento: Elaine (31) 9 8896-5154 | Flávio (31) 9 8869-2530

    Redes Sociais

10 Dicas para melhorar a qualidade de vida

Por Neurotron em 19/10/2018 arquivado na categoria Blog
Todos nós queremos melhorar a nossa qualidade de vida. Queremos ter mais conforto, fazer coisas que gostamos, viajar com a família ou amigos, ter uma boa saúde física e mental, entre outras coisas. Mas você sabe o que fazer para melhorar, de verdade, a sua qualidade de vida? Não se preocupe, te diremos agora mesmo!
1. Pratique exercícios
Impossível essa dica não fazer parte desta lista, afinal de contas, o fato de praticar exercícios físicos gera diversos impactos positivos nas nossas vidas. O primeiro deles é ganho físico, tanto para melhorar a saúde, prevenindo e tratando doenças, quanto por deixar o nosso corpo mais bonito.
Aqui também entram os benefícios para a nossa saúde mental. A autoestima melhora e substâncias como a serotonina aumentam a sensação de prazer e afastam doenças psiquiátricas como a depressão.
2. Tenha uma alimentação equilibrada
Comer bem não significa que você tenha que deixar de comer alguns alimentos pelo resto da vida e sim, que é preciso ter equilíbrio. Aumente a quantidade de frutas, verduras e legumes na sua dieta e reduza os produtos industrializados que são ricos em sódio e em outros produtos que fazem muito mal para a nossa saúde.
3. Faça terapia
Já se foi a época em que terapia era coisa de gente com problemas mentais. Da mesma forma que nos preocupamos em cuidar da saúde física e praticamos exercícios, precisamos ter mais atenção e cuidar na saúde mental. Ela é de extrema importância e se a nossa mente não está bem, nada fica bem. Como tratamento alternativo, o uso do Neurotron é recomendado para aqueles que buscam reduzir as tensões, somatizações e preocupações do dia a dia sem efeitos colaterais ou tóxicos para a saúde.
4. Vá ao médico
Ainda que tenhamos uma boa alimentação e façamos exercícios, as doenças podem aparecer, afinal de contas, o nosso corpo tem suas fraquezas. Por isso, é muito importante fazer exames de rotina como uma forma de prevenção. Quanto mais cedo a patologia for detectada, mais rápida será a cura.
5. Saia da rotina
Sair da rotina não quer dizer que você tenha que largar o emprego, arrumar as malas e ir morar numa cabana na beira do mar. Há pequenas mudanças, no dia a dia, que podem ser feitas sem alterar tanto o seu ritmo e a sua vida, mas que ajudam a mente a descansar. Vá num restaurante diferente, peça um outro sabor de pizza, vá ao teatro com mais frequência, opções não faltam.
6. Seja resiliente
Você aceita a sua vida como ela é? Sabe receber situações desagradáveis olhando pelo lado positivo? Isso é ser resiliente e esse tipo de atitude pode tonar o seu dia muito melhor. As coisas vão acontecendo nas nossas vidas sem pedir licença e cabe a nós decidir qual atitude tomar frente a elas.
7. Preste atenção nas pequenas coisas
Você já deve ter ouvido falar que as melhores coisas da vida são aquelas que não se pode comprar. Aproveite um belo pôr do sol da varanda de casa ou da janela do escritório ou pare para ouvir os pássaros cantando. Saboreie a experiência que é viver.
8. Faça coisas que gosta
Nem todos temos a sorte de trabalhar com algo que gostamos. O que acontece, na maioria das vezes, é aceitar uma função que pague as contas. Mas isso não quer dizer que você tenha que deixar os seus hobbies de lado. Quem sabe um dia ele não possa se tornar a sua maior fonte de renda!
9. Praticar meditação é uma boa opção para melhorar a qualidade de vida. Ela também ajuda a liberar mais espaço para que outras informações mais importantes possam entrar. Aprender a meditar te trará inúmeros benefícios: reduz a ansiedade, depressão e insônia e aumenta a produtividade.
10. Durma bem
Ter uma boa noite de sono ajuda a evitar diversas doenças, fortalece o nosso sistema imune, nos deixa mais dispostos para o dia seguinte e, para os estudantes, é um excelente remédio para memória. Se você não está conseguindo dormir, o melhor a fazer é procurar um especialista. O uso do Neurotron também é indicado nos casos de insônia e agitação no sono.
Gostou? Compartilhe!